Acontece Distrito Design / Notícias /

Um concurso e uma mesa redonda agitaram o terceiro dia da Design Days

O penúltimo dia de Design Days começou com a troca da mostra do Cubo. A catarinense Renata Moura formou-se na PUCPR e fez pós-graduação em Design Emocional. A alegria das formas e das cores usadas pela designer rendeu prêmios e publicações desde o início da carreira: durante a faculdade, desenhou a mesa de telefone Triiim, que recebeu em 2002 o prêmio para estudantes no salão Movelsul. O frigobar retrô, desenvolvido quando trabalhava na Whirlpool S/A, em 2007, é um sucesso até hoje e também fez parte da exposição no Cubo da Praça do Distrito Design.

 

 

 

Na programação da Design Days, o terceiro dia, marca um momento especial: o resultado do Concurso do Mobiliário Urbano. Uma proposta para contribuir com um olhar técnico e criativo para promover novas ideias e mudar a realidade da cidade. Durante um  mês a organização recebeu trabalhos em duas categorias e a comissão julgadora escolheu as propostas dos estudantes Carlos Eduardo de Borba, Guilherme Kretzer, Artur Guilherme Bernardoni, Mariah Vieira Mafra e João Guilherme Karnikowsky. Já na categoria profissional o primeiro lugar foi conquiatdo po Eduardo Baptista Lopes, Marcelo Galafassi, Eduardo João Berté e Ana Cristina Meirinho Neves.

 

 

Premiados na categoria estudante

Expectativa para o resultado revelado por Rodrigo Ohtake, Elizabeth Brandt Schwarz e Marian Ortiz.

Premiados na categoria estudante e profissional

 

Premiados na categoria profissional

Projeto Vencedor Categoria Estudante

Projeto vencedor categoria profissional

 

Depois desse momento histórico, uma mesa redonda imperdível para profissionais movimentou a Design Days. Maurício Torres, Rodrigo Ohtake, Renata Moura e Jayme Bernardo contaram sobre as trajetórias profissionais, avaliaram a arquitetura e o design no país e trouxeram muita, mas muita novidade sobre o setor com mediação da jornalista Roberta Dietrich.

 

Rodrigo Ohtake, Renata Moura, Elizabeth Brandt Schwarz, Jayme Bernardo e Maurício Torres.

Na exposição especial obras do artista plástico, gráfico, desenhista, gravador, pintor, João Wenceslau Ricardo Neto (Wencesslauw), nasceu em 1957 na cidade de Itajaí. O artista multifacetado trabalha com instalações, objetos e técnica mista e já conquistou sete premiações, além de um destaque em gravura, convite especial e menção. Citado no Indicador Catarinense das Artes Plásticas, os trabalhos já ultrapassaram fronteiras para a Alemanha, China, Espanha, Estados Unidos, Mercosul, Portugal, Itália e Índia.